Liberdade de mim mesmo

User avatar
DhyanR
Posts: 35
Joined: Sun Apr 08, 2018 1:43 pm

Liberdade de mim mesmo

Postby DhyanR » Sun Apr 08, 2018 1:45 pm

LU is focused guiding for seeing there is no real, inherent 'self' - what do you understand by this?
Minha compreensão é que não sou quem sempre acreditei ser. A pessoa que se encontra aqui, escrevendo essas palavras; a pessoa que possui um corpo, uma mente, um passado; essa pessoa é uma ficção. Essa pessoa é uma criação, nada mais que um conjunto de hábitos desenvolvido e mantido por suposições não-examinadas.


What are you looking for at LU?
Busco orientação para sair da compreensão intelectual e vivenciar diretamente o fato de que não há e nem nunca houve uma entidade separada, com a qual me identifico aqui e agora. Tenho uma grande necessidade íntima de vivenciar, em primeira mão, tudo o que venho lendo e aprendendo durante anos de busca espiritual.


What do you expect from a guided conversation?
Busco apenas uma conversa franca e honesta, onde eu possa me expressar abertamente com alguém que compreenda minhas questões existenciais e me ajude a ver com uma perspectiva mais expandida e abrangente.


What is your experience in terms of spiritual practices, seeking and inquiry?
Até bem pouco tempo, via-me como um 'buscador' experiente. Medito diariamente há mais de dez anos. Já participei de vários retiros em silêncio, assim como diversos workshops e treinamentos terapêuticos. Li dezenas de livros 'espirituais'. Contudo, admito que minha busca entrou em colapso quando li Liberation Unleashed e Gateless Gatecrashers. Desde então não sei bem o que pensar ou fazer...


On a scale from 1 to 10, how willing are you to question any currently held beliefs about 'self?
11

User avatar
Canfora
Posts: 3978
Joined: Wed May 22, 2013 2:58 pm

Re: Liberdade de mim mesmo

Postby Canfora » Mon Apr 09, 2018 10:03 am

Olá, bom dia. Bem vindo ao forum da LU, é bom ter-te aqui! Obrigada pela tua introdução. O meu nome é Sandra e vou ser a tua guia.
Contudo, admito que minha busca entrou em colapso quando li Liberation Unleashed e Gateless Gatecrashers. Desde então não sei bem o que pensar ou fazer...
Fantástico.
Enquando lias fizeste alguns dos exercícios propostos?
Uma das sugestões que é feita no livro é "look". Percebeste o que este "look" significa? Se sim, consegues explicar aquilo que pensas que "look" é, em termos daquilo que é para fazer concretamente para seguir esta indicação?

A aguardar a tua resposta,
S

User avatar
DhyanR
Posts: 35
Joined: Sun Apr 08, 2018 1:43 pm

Re: Liberdade de mim mesmo

Postby DhyanR » Mon Apr 09, 2018 5:47 pm

Olá Sandra,

Meu nome é Ronnie. Fico imensamente agradecido em tê-la como guia. Obrigado por disponibilizar seu tempo para me ajudar.
Enquanto lias fizeste alguns dos exercícios propostos?
Fiz sim.
Uma das sugestões que é feita no livro é "look". Percebeste o que este "look" significa? Se sim, consegues explicar aquilo que pensas que "look" é, em termos daquilo que é para fazer concretamente para seguir esta indicação?
Pelo que entendi, "look" significa simplesmente observar o que que que seja minha experiência imediata, aqui e agora. Isto inclui sensações, percepções, pensamentos e emoções, que devem ser vistos pelo que são, e não por seu conteúdo.

User avatar
Canfora
Posts: 3978
Joined: Wed May 22, 2013 2:58 pm

Re: Liberdade de mim mesmo

Postby Canfora » Tue Apr 10, 2018 10:18 am

Olá Ronnie, bom dia.
Obrigado por disponibilizar seu tempo para me ajudar.
O prazer é meu.
Pelo que entendi, "look" significa simplesmente observar o que que que seja minha experiência imediata, aqui e agora. Isto inclui sensações, percepções, pensamentos e emoções, que devem ser vistos pelo que são, e não por seu conteúdo.
Sim, olhar para "dentro" e para "fora". É isso.
Mas fiquei com a impressão de que provavalmente olhaste mais para "dentro" do que para "fora" - estamos mais habituados a pensar sobre o que está aqui do que a olhar simplesmente para o que nos rodeia. Observaste também o que te rodeia, usando os olhos, usando os sentidos? Tentaste ver se conseguias percepcionar um eu?
Busco orientação para sair da compreensão intelectual e vivenciar diretamente o fato de que não há e nem nunca houve uma entidade separada, com a qual me identifico aqui e agora.
Compreendo o que escreveste, mas considera a possibilidade de que neste momento já estás a vivenciar plenamente a ausência de um eu separado - apesar de pensares que não estás. Sim, porque se é verdade que o eu é uma ilusão (identificação), é uma ilusão que está a acontecer agora. Mas não passa de uma ilusão persistente. Ou seja, quando certas condições estão "alinhadas" a ilusão do eu acontece inevitavelmente. É semelhante à forma como uma criança é levada a acreditar na existência do Pai Natal. Ou ao aparecimento de um arco-iris no céu - esta ilusão só acontece quando certas condições o permitem.

Assim sendo, porque é que pensas que não estas a vivenciar diretamente o fato de que não há e nem nunca houve uma entidade separada? O que é que pensas que devia ser diferente do que é agora?

User avatar
DhyanR
Posts: 35
Joined: Sun Apr 08, 2018 1:43 pm

Re: Liberdade de mim mesmo

Postby DhyanR » Tue Apr 10, 2018 9:46 pm

Olá Sandra e obrigado por seu feedback. Aqui vão minhas respostas:
Observaste também o que te rodeia, usando os olhos, usando os sentidos? Tentaste ver se conseguias percepcionar um eu?
Bem, olho agora e vejo um "corpo", isto é, parte de um corpo. Mas é apenas uma imagem que desaparece quando fecho os olhos. O mesmo acontece com as 'coisas' à minha volta. Um pensamento, uma convicção me diz que as "coisas" permanecem ali mesmo quando estou de olhos fechados, mas não é essa a minha experiência. Posso também sentir as coisas por meio do tato, audição, cheiro e paladar. Mas me parece que cada um desses é independente do outro, apesar de existirem pensamentos me dizendo que são parte de um todo, por exemplo, uma "cadeira", ou "arroz".
Assim sendo, porque é que pensas que não estas a vivenciar diretamente o fato de que não há e nem nunca houve uma entidade separada? O que é que pensas que devia ser diferente do que é agora?
Talvez porque eu acredite no pensamento que diz ser real a entidade separada? Penso que a diferença esteja na perspectiva, assim como com a criança crescida que não mais acredita em contos de fadas apesar de estar exposta a eles ou como alguém que vê um arco-íris no céu ou uma miragem no deserto mas sabe serem ilusões porque conhece seus mecanismos.

User avatar
Canfora
Posts: 3978
Joined: Wed May 22, 2013 2:58 pm

Re: Liberdade de mim mesmo

Postby Canfora » Wed Apr 11, 2018 10:05 am

Viva Ronnie,

Obrigada pelas tuas respostas.
Penso que a diferença esteja na perspectiva, assim como com a criança crescida que não mais acredita em contos de fadas apesar de estar exposta a eles ou como alguém que vê um arco-íris no céu ou uma miragem no deserto mas sabe serem ilusões porque conhece seus mecanismos.
Sim, é por aí, o que dizes vai ao encontro da minha experiência.
Talvez porque eu acredite no pensamento que diz ser real a entidade separada?
Este eu que acredita num pensamento; o que é que dirias que este eu é? Onde é que pensas que está localizado?

User avatar
DhyanR
Posts: 35
Joined: Sun Apr 08, 2018 1:43 pm

Re: Liberdade de mim mesmo

Postby DhyanR » Thu Apr 12, 2018 7:33 am

Olá Sandra.

Em resposta às suas perguntas
Este eu que acredita num pensamento; o que é que dirias que este eu é? Onde é que pensas que está localizado?
Vivencio este "eu" como uma sensação, uma espécie de contração, uma crença. Fecho os olhos e vejo uma imagem do "eu". Imagem corporal, outra imagem que parece estar ligada ao humor vivenciado no momento, está sempre mudando. Também vivencio pensamentos sobre este eu. Pensamentos de posse. Meu corpo. Minha vida.

Diria que o eu é um complexo, um conjunto de sensações e pensamentos que parece estar localizado na cabeça, na testa.

User avatar
Canfora
Posts: 3978
Joined: Wed May 22, 2013 2:58 pm

Re: Liberdade de mim mesmo

Postby Canfora » Thu Apr 12, 2018 9:50 am

Viva Ronnie,

Obrigada pelas tuas respostas, estás a ir muito bem!
Vivencio este "eu" como
Lê o que escreveste e repara se estas a descrever um eu real ou o que faz com que acredites na existência de um eu. Estas a descrever um eu ou aquilo que faz parecer que o eu existe?
Fecho os olhos e vejo uma imagem do "eu".
Foca a atenção na experiência de abrir e fechar os olhos.
O que é que está realmente a acontecer?
Os olhos abrem e fecham simplesmente ou existe um eu algures a abrir e fechar os olhos?
O que é que vês a acontecer?
parece estar localizado na cabeça, na testa.
Parece estar. Mas está? Imagina que te fazem um scan a essa zona ou que te fazem uma operação e a gravam para a poderes ver depois. O que é que ias ver nesse local? O que é que está realmente nessa zona? Pele, osso, carne, etc ou um eu?

Abraço,
S

User avatar
DhyanR
Posts: 35
Joined: Sun Apr 08, 2018 1:43 pm

Re: Liberdade de mim mesmo

Postby DhyanR » Fri Apr 13, 2018 7:17 am

Oi Sandra,

Minhas respostas:
Estas a descrever um eu ou aquilo que faz parecer que o eu existe?
Lendo minha descrição o eu parece algo fabricado a partir de elementos separados, mas que dão a impressão de um todo coeso. Isto é, se não for examinado.
Foca a atenção na experiência de abrir e fechar os olhos.
O que é que está realmente a acontecer?
Uma sensação, uma mudança de cores, a convicção de que olhos estão abrindo e fechando (um pensamento).
Os olhos abrem e fecham simplesmente ou existe um eu algures a abrir e fechar os olhos? O que é que vês a acontecer?
Os olhos abrem e fecham simplesmente. Um pensamento acontece: "estou abrindo e fechando meus olhos." O pensamento é sobre um sujeito. Não vejo o sujeito. Só mais pensamentos. Mas há a crença de que há um sujeito.
Parece estar. Mas está? Imagina que te fazem um scan a essa zona ou que te fazem uma operação e a gravam para a poderes ver depois. O que é que ias ver nesse local? O que é que está realmente nessa zona? Pele, osso, carne, etc ou um eu?
Não, não está. Aqui apenas pele, osso, etc.
Mas quando olho por mais tempo, mesmo a localização passa a não mais ter sentido. Cabeça, testa, são só palavras descrevendo sensações, pensamentos e imagens, certo?

User avatar
Canfora
Posts: 3978
Joined: Wed May 22, 2013 2:58 pm

Re: Liberdade de mim mesmo

Postby Canfora » Fri Apr 13, 2018 12:53 pm

Viva Ronnie,
Lendo minha descrição o eu parece algo fabricado a partir de elementos separados, mas que dão a impressão de um todo coeso. Isto é, se não for examinado.
Quando examinas, verificas que os elementos ficam realmente separados? Na vida (existência, realidade, esta experiência, o que queiras chamar-lhe, o que está aqui agora) existe algo que esteja separado da vida ou é tudo vida?
O pensamento é sobre um sujeito. Não vejo o sujeito. Só mais pensamentos. Mas há a crença de que há um sujeito.
Sim. Essa crença é a ilusão do eu separado. Repara que a crença não prova a existência de um eu, mas cria a ilusão de que um eu existe.
Mas quando olho por mais tempo, mesmo a localização passa a não mais ter sentido. Cabeça, testa, são só palavras descrevendo sensações, pensamentos e imagens, certo?
Sim, sim. Essa também é a minha experiência.

Neste momento, dirias que é possível encontrar um eu? Se sim, o que é que parece ser este eu? Que pensamentos é que te fazem acreditar na ilusão?

User avatar
DhyanR
Posts: 35
Joined: Sun Apr 08, 2018 1:43 pm

Re: Liberdade de mim mesmo

Postby DhyanR » Sat Apr 14, 2018 8:00 am

Olá Sandra,
Quando examinas, verificas que os elementos ficam realmente separados? Na vida (existência, realidade, esta experiência, o que queiras chamar-lhe, o que está aqui agora) existe algo que esteja separado da vida ou é tudo vida?
Bem, no sentido mais fundamental, tudo é existência. Tudo é experiência, aqui e agora. O pensamento cria a separação. O pensamento compartimenta.
Essa crença (de que há um sujeito) é a ilusão do eu separado.
Posso perguntar como você vivencia isso? Na sua experiência, a crença não mais existe ou ela permanece e você não mais acredita nela?
Neste momento, dirias que é possível encontrar um eu? Se sim, o que é que parece ser este eu? Que pensamentos é que te fazem acreditar na ilusão?
Já há algum tempo venho procurando por um "eu". Apesar de não ter encontrado nada (fora, é claro, sensações, percepções e pensamentos), a crença de que existe um eu separado é forte. Na verdade não há muita explicação. Apenas uma forte convicção de que é óbvio que o eu existe apesar da investigação (a experiência, aqui e agora) mostrar o contrário.

User avatar
Canfora
Posts: 3978
Joined: Wed May 22, 2013 2:58 pm

Re: Liberdade de mim mesmo

Postby Canfora » Sat Apr 14, 2018 2:30 pm

Viva Ronnie,
Bem, no sentido mais fundamental, tudo é existência. Tudo é experiência, aqui e agora. O pensamento cria a separação. O pensamento compartimenta.
Sim.
Posso perguntar como você vivencia isso? Na sua experiência, a crença não mais existe ou ela permanece e você não mais acredita nela?
Eu vi a ilusão em 2013. Ou seja, já "processei" e integrei essa realização. Acho que só penso nisso quando guio, de resto a minha vida é semelhante à das outras pessoas. A parte mesmo boa é que deixei de procurar por algo diferente em termos de busca espiritual.
Já há algum tempo venho procurando por um "eu". Apesar de não ter encontrado nada (fora, é claro, sensações, percepções e pensamentos), a crença de que existe um eu separado é forte. Na verdade não há muita explicação. Apenas uma forte convicção de que é óbvio que o eu existe apesar da investigação (a experiência, aqui e agora) mostrar o contrário.
Essa convicção é normal. Imagina que desaparecia. Serias capaz de viver como um ser humano normal? O que é que te impediria de atravessar a estrada quando um carro viesse na tua direção, o que é que te motivaria a ter uma relação com alguém, o que é que te motivaria a estudar, trabalhar, viajar, evoluir, etc, etc? Achas que seria melhor para ti se essa convicção desaparecesse? Qual é a parte da ilusão de seres um eu separado de que não gostas, que preferias que desaparecesse?

User avatar
DhyanR
Posts: 35
Joined: Sun Apr 08, 2018 1:43 pm

Re: Liberdade de mim mesmo

Postby DhyanR » Sun Apr 15, 2018 9:27 am

Oi Sandra,
Essa convicção é normal.
A diferença está em ver ou não ver a convicção como um pensamento, como uma ilusão, certo?
Qual é a parte da ilusão de seres um eu separado de que não gostas, que preferias que desaparecesse?
A crença de que a ilusão não é ilusão. Mas qualquer desejo que as coisas fossem diferentes reflete uma expectativa, que nada mais é do que mais pensamentos...

User avatar
Canfora
Posts: 3978
Joined: Wed May 22, 2013 2:58 pm

Re: Liberdade de mim mesmo

Postby Canfora » Sun Apr 15, 2018 2:28 pm

Viva Ronnie,
A diferença está em ver ou não ver a convicção como um pensamento, como uma ilusão, certo?
Não tenho a certeza de perceber o que queres dizer. Podes dar-me um exemplo ou dois de como este ver e não ver ocorre na tua experiência?
A crença de que a ilusão não é ilusão.
Dirias que esta crença é tua - consegues ter algum controle sobre ela? Pensas que estes pensamentos que estão na base da crença, são pensados ou controlados por ti?

User avatar
DhyanR
Posts: 35
Joined: Sun Apr 08, 2018 1:43 pm

Re: Liberdade de mim mesmo

Postby DhyanR » Mon Apr 16, 2018 6:37 pm

Olá Sandra,

Obrigado pelas suas respostas. Aqui vão meus comentários
Podes dar-me um exemplo ou dois de como este ver e não ver ocorre na tua experiência?
Minha pergunta aqui é se a diferença entre a minha perspectiva e a sua é que eu vejo a convicção de que existe um eu separado como um fato, enquanto você a vê pelo que realmente é, um pensamento.
Dirias que esta crença é tua - consegues ter algum controle sobre ela? Pensas que estes pensamentos que estão na base da crença, são pensados ou controlados por ti?
Não. Os pensamentos—incluindo esta crença—vêm e vão sozinhos. Um pensamento aparece e diz que tenho controle sobre os pensamentos, mas este é apenas outro pensamento que apareceu sozinho.


Return to “Português”

Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest